Conhecendo plenamente como plenamente conhecido

Senhor, tu que me conheces, permite-me conhecer-te; permite-me que te conheça "plenamente, da mesma forma como sou plenamente conhecido" (ICo.13.12). (Confissões de Agostinho - livro 10 - texto 1 - 1ª frase)

O ser humano só procura conhecer aquilo que ama. Se alguém ama a Deus, vai procurar conhecê-Lo, vai procurar meditar, refletir e pensar sobre o ser de Deus.  É por isso que Agostinho usa I Co. 13.12 em sua confissão: permite-me que te conheça  plenamente , da mesma forma como sou plenamente conhecido.

Cada vez que se conhece mais sobre Deus, cada vez mais é possível conhecer a si mesmo, em verdade, na verdade, pois somente Deus conhece plenamente cada ser humano. Essa área de conhecimento, profundo, íntimo e secreto, é uma área inacessível aos terapeutas, psicólogos e psicanalistas. Essa área do conhecimento do ser, é e está acessível apenas para Deus, podendo ser inclusive acessível a cada um de nós,  SE  buscarmos conhecê-Lo  plenamente.

Sugestão para devocional
Texto: I Co. 13
Louvor: Sobre Ele - Amanda Rodrigues
Livro: O Amor Andou Entre Nós

Imagem original da internet - Inserção de versículo e alteração da imagem por parte da autora